Executivos da ITA repudiam novamente fake news sobre processos seletivos

Foto por Ken Fielding via Flickr. Retocado por Contato Radar.

Com a pandemia, a situação das companhias aéreas brasileiras ficou bem delicadas financeiramente, como em todo o mundo. Todas as três maiores do país, passaram por programas de redução de quadro de funcionários.

Com esse momento de fragilidade, e oportunidades de leasing mais baratos, o Brasil passou a contar com dois projetos de novas companhias, a ITA e a Nella. Entretanto, apesar da ITA estar em estágio mais avançado, sites insistem em propagar fake news sobre processos seletivos.

Continua após a publicidade

Tanto o CEO do Grupo Itapemirim, Rodrigo Vilaça e CEO da ITA, Tiago Senna, repudiaram mais uma vez sobre esse tipo de comportamento em sites de notícias. Ambos reforçaram que somente os diretores da ITA representam a companhia e estão autorizados a falar por ela.

Sobre a plataforma de seleção, Senna respondeu que era um ambiente totalmente de testes e que não era o sistema oficial. Que, somente quando pronto, serão divulgados nas redes sociais da ITA e em seu próprio site. Com a divulgação de notícia falsa sobre o processo seletivo, a ITA teve que atrasar o início do cronograma por questões jurídicas, previsto para a próxima semana.

Vilaça já foi mais taxativo em seu perfil no LinkedIn. “Vamos deixar mais uma vez bem claro a todos (as), interessados (as), no processo inicial da seleção para atuarem na ITA Transportes Aéreos. SÓ NÓS informaremos como e quando se iniciam as provas. Apenas nós.”

O Contato Radar reforça mais uma vez que não faz parte do perfil de sua redação esse tipo de conduta e jamais divulgaremos qualquer conteúdo ilícito ou falso. Principalmente que envolva disponibilização de dados pessoais.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta