EASA quer liberar o Boeing 737 MAX em novembro

Conforme divulgado pela Reuters, a autoridade aeronáutica da Europa, EASA, espera liberar o Boeing 737 MAX em novembro. A autoridade também tem expectativa que, até dezembro o jato possa estar voando regularmente.

Em entrevista, Patrick Ky, diretor da EASA, disse que “pela primeira vez em um ano e meio, eu consigo dizer que o fim dos trabalhos no MAX está próximo”.

Continua após a publicidade

A liberação deverá acontecer logo após a autoridade americana FAA realizar sua respectiva liberação. Entretanto, na Europa, cada operador do 737 MAX deverá que buscar sua liberação em seu país.

No Brasil, conforme divulgado em primeira mão pelo Contato Radar, o voo de recertificação deverá ser realizado em breve. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), faz parte do grupo formado pelas autoridades dos EUA, Canadá e Europa para avaliação da recertificação do jato.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta