Cathay Pacific vai estocar 40% da sua frota

Em meio à crise causada pela pandemia, a companhia aérea Cathay Pacific optou por estocar cerca de 40% da sua frota. Diferentemente do que estava sendo realizado antes, essa estocagem será à longo prazo, diante das perspectivas de retomada gradual da demanda.

Dessa forma, e preparando suas aeronaves para ficar mais de um ano paradas, parte da frota será enviada para Alice Springs, na Austrália. A decisão foi tomada devido às condições atmosféricas da região, que melhoram a preservação das aeronaves durante este longo período sem voos.

Continua após a publicidade

Antes da pandemia, a companhia aérea com sede em Hong Kong (HKG) possuía grande parte de seu tráfego provenientes de conexões internacionais. Como resultado das restrições de circulação de pessoas impostas e enfraquecimento da demanda internacional, a empresa registrou prejuízo de 1,12 bilhão de dólares e taxa de ocupação inferior a 20%.

Durante agosto, a demanda da empresa continuou abaixo do esperado. Foram transportados 35.773 passageiros no mês, um número menor do que o registrado em julho e representando uma queda de 98,8% quando comparado com o mesmo período de 2019.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta