Azul recebe proposta de financiamento de R$2 bi do BNDES

A Azul informou neste domingo (13), que recebeu a proposta de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O empréstimo era bastante aguardado pelas companhias aéreas brasileiras para enfrentamento da crise.

“A Proposta encaminhada prevê uma oferta pública de um instrumento financeiro híbrido com objetivo de captar no mínimo R$ 2 bilhões, que consiste numa combinação de: (i) debêntures simples e (ii) bônus de subscrição, cujos valores serão determinados através do processo de bookbuilding da oferta. Prevê também que a BNDESPAR seja o investidor âncora podendo subscrever até 60% da oferta enquanto os Bancos prestarão garantia firme de até 10% da mesma. O valor remanescente deverá ser captado junto a outros investidores através da oferta
pública.

Continua após a publicidade

Estimamos que a emissão do bônus de subscrição resultará em uma potencial diluição de aproximadamente 15% baseado no preço de fechamento da ação da Azul na última sexta-feira.

Levando em consideração a retomada da demanda por voos e a posição de caixa da Companhia, ambas mais favoráveis do que inicialmente estimado, o Conselho de Administração da Companhia analisará a proposta da BNDESPAR juntamente com outras alternativas de financiamento disponíveis. Manteremos o mercado informado sobre evoluções relevantes sobre o assunto.” Informou a Azul em comunicado aos investidores.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta