Nova South African Airways pode decolar em 2021

Últimos posts por Calebe Murilo (exibir todos)
South African Airways SAA Bailout

Desde Dezembro de 2019, noticiamos no Contato Radar as diversas etapas do longo processo de reestruturação da South African Airways (SAA) frente ao Governo da África do Sul, que parecia nunca chegar à uma decisão firme.

No último dia 14 de julho a empresa deu mais um passo com a aprovação do seu plano de recuperação judicial pelos seus credores, com 86% dos votos positivos. O plano exige pelo menos $596 milhões de dólares em novos fundos para financiar a empresa em crise.

Para que o plano funcione efetivamente, a frota da companhia aérea e seu efetivo de trabalho precisarão ser reduzidos. O montante a ser investido será distribuído com diversos fins, como injeção de capital, pagamento de lessores e funcionários.

Como parte do plano de reestruturação, o Governo Sul-Africano está negociando com possíveis investidores interessados em comprar e relançar a South African Airways. Se a busca por investidores for bem sucedida, a “nova” SAA pode decolar já em 2021, apesar disso, a empresa reduzirá drasticamente em tamanho.

A companhia contará com cerca de 1000 funcionários, contra o antigo efetivo que era de 4700. Os demais colaboradores demitidos terão prioridade quando a empresa estiver pronta para contratar mais pessoas.

A SAA está em recuperação judicial desde dezembro e não realiza voos comerciais de passageiros desde março, quando as fronteiras da África do Sul foram fechadas para ajudar a conter a pandemia.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta