Empresas da Lufthansa Group não cobrarão taxa de remarcação de voos

A mudança visa agilizar e tornar mais prático o processo de remarcação de passagens aéreas. Atendendo as necessidades de seus clientes frente às incertezas geradas durante o período de pandemia.

A fim de oferecer mais praticidade e flexibilidade a seus clientes durante a pandemia, Lufthansa, SWISS, Austrian e Brussels, terão suas estruturas tarifárias alteradas até o final de dezembro. A mudança tem como principal finalidade, tornar o processo de remarcação de bilhetes ainda mais prático e ágil para os clientes das companhias aéreas do grupo.

Continua após a publicidade

Com a alteração, que tem caráter imediato, todas as novas reservas poderão ser remarcadas quantas vezes forem necessárias sem a cobrança da taxa de remarcação. Custos adicionais poderão surgir caso haja, por exemplo, alteração do destino. Ou em casos em que a classe de reservas original já não esteja mais disponível na nova data desejada.

Ao longo de todo o período de pandemia o Lufthansa Group, que atua no Brasil com as companhias aéreas Lufthansa e SWISS, seguiu operando. Atualmente oferece oito frequências semanais partindo de São Paulo (GRU). Sendo cinco com Lufthansa e três com SWISS, com destino à Frankfurt (FRA) e Zurique (ZHR), respectivamente. 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta