Emirates considera reduzir ainda mais as encomendas do Boeing 777X

Últimos posts por Gabriel Araújo (exibir todos)
Futuro 777X da companhia nas instalações da Boeing.

Após a Boeing confirmar um atraso no programa 777X e o adiamento da entrega da primeira unidade, a Emirates considera reduzir ainda mais seu pedido do novo Triple Seven.

A possibilidade foi ventilada pelo Diretor de Operações da companhia, Adel Ahmad Al Redha, e leva em consideração a queda da demanda por viagens em decorrência da pandemia global.

Segundo o executivo, algumas dezenas dos 115 777X encomendados podem ser convertidos em pedidos do Boeing 787 Dreamliner. Caso isso ocorra, será a segunda vez que a companhia realiza uma alteração no pedido. No fim do ano passado, a Emirates cancelou 35 das 150 encomendas originais do jato.

Apesar do atual cenário, Al Redha prevê uma forte recuperação no próximo ano e acredita que até o verão IATA de 2021 a empresa estará operando novamente em 100% dos seus destinos.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta