Companhias aéreas cancelam voos programados para setembro na Argentina

O Governo Nacional da Argentina, ainda não esclareceu quais medidas serão tomadas para o reinício dos voos domésticos e internacionais que estavam programados para acontecer a partir de 1º de setembro. Como a data foi estabelecida em abril como referência, muitas passagens já foram vendidas para diversos roteiros no país a partir deste período. No entanto algumas companhias aéreas decidiram adiar serviços, devido à situação de saúde e indefinição das autoridades.

Na última semana a Emirates anunciou que não irá retomar seus voos para Buenos Aires (EZE) devido às atuais restrições de viagens relacionadas à pandemia, a empresa decidiu suspender às operações no país. Também não têm data confirmada de retorno à capital argentina a Azul, da britânica Norwegian Air e da Qatar Airways.

Por outro lado, outras empresas  acreditam que ocorrerá abertura de voos pós-pandemia a partir de 1º de setembro. O grupo formado pela Air France e KLM, por exemplo, planeja a retomada das operações com três voos semanais para Paris e Amsterdã com conexões para todo mundo.

No âmbito nacional, Flybondi anunciou que retomará a operação de suas rotas internacionais e da rota doméstica Rosário-Puerto Iguazú somente a partir de 1º de novembro. Conforme explicou, deve-se “às medidas sanitárias que continuam em vigor na Argentina devido ao avanço da pandemia e a falta de previsão para o reinício das atividades no setor aéreo”.

A JetSmart Argentina, manterá por enquanto a previsão de voar em setembro, já que “não houve notificação contrária “. Conforme anunciado, a empresa espera começar a voar no próximo mês de Buenos Aires para Salta, Córdoba, Mendoza, Iguazú, Neuquén, Bariloche e Tucumán.

Por sua vez, a Aerolineas Argentinas, que durante o Hot Sale vendeu 27% das passagens para voar entre setembro e novembro, também segue com a expectativa de reativar suas operações em setembro. Más esclarecem, caso os voos sejam cancelados, as passagens serão remarcadas de acordo com a nova previsão de retomada dos voos comerciais no país.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta