Azul Cargo completa 11 anos

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

A divisão cargueira da Azul Linhas Aéreas completa 11 anos operando no Brasil. Diante de um mercado desafiado pela pandemia, a Azul Cargo se reinventou e comemora os bons resultados ao liderar o mercado de carga aérea no país.

Além disso, houve um crescimento de 36% em receita no primeiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado.  Em grande parte, esse resultado se deu pelos desafios impostos pela pandemia, onde o modal aéreo foi bastante utilizado para o transporte de cargas.

Dessa forma, outro fator que colaborou para o sucesso da Azul cargo nesse novo contexto foi a utilização da cabine de passageiros para transportar cargas. Após autorização junto à ANAC, foram adaptadas algumas aeronaves para utilizar a cabine, o que aumentou a capacidade da empresa em 30%.

Nesse sentido, o primeiro voo nesses moldes partiu de Campinas (VCP) com destino à Belém (BEL). O A320Neo nas cores da Azul transportou sete toneladas de cargas, utilizando os porões, assentos, bins e o espaço embaixo das poltronas.

“Quero agradecer aos nossos Tripulantes, representantes e Clientes que fazem com que tenhamos sempre mais vontade de inovar. Sempre pensando e desenvolvendo produtos e serviços personalizados e diferenciados nesse mercado. Nosso foco sempre está na qualidade e em promover soluções logísticas que sejam viáveis para cada tipo de Cliente. Esse cenário nos mostrou o quanto somos adaptáveis e que podemos chegar a qualquer lugar. Ainda temos muito para crescer e estamos confiantes com o que vem por aí.”, disse Izabel Reis, diretora da Azul Cargo Express.

Locker Azul

Ademais, a Azul adiciona um novo conceito para a entrega de cargas, o “Azul Cargo Express Locker”. Esse sistema de armários que podem acomodar pacotes de diferentes tamanhos oferece uma nova opção de retirada ao cliente. Com isso, a loja entregará o produto em um destes armários e o consumidor receberá uma senha para abrir o armário e retirar o seu produto em até 48h.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta