AirBridge Cargo se prepara para o transporte de vacinas

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Com a pandemia, o setor de carga aérea teve um aumento na demanda. Diversas companhias aéreas passaram a operar voos exclusivamente cargueiros, como forma de se ajustar ao momento vivido.

Dessa forma, em breve esse setor será responsável pela importante tarefa de distribuir as vacinas mundialmente. Mais uma vez, os voos cargueiros serão de fundamental importância para levar aos quatro cantos do mundo a única e efetiva forma de combate à pandemia.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, a russa AirBridge Cargo já se prepara para transportar esse material sensível em suas aeronaves. O governo daquele país, em breve, vai distribuir à toda a sua população doses da vacina desenvolvida na própria Rússia.

Como o transporte de vacinas é extremamente sensível à temperatura, a cargueira que faz parte do grupo Volga-Dnepr, realizou voos para testar sua capacidade e eficiência no transporte desse tipo de material.

Utilizando seu Boeing 747-8F, a AirBridge carregou mais de 30 toneladas de medicamentos também sensíveis à temperatura em contêineres especiais. A carga foi levada com sucesso de Amsterdã (AMS) para Shangai (PVG).

“Este transporte, até certo ponto, é o ensaio para verificar se estamos bem preparados para a vacina, quando seu teste for finalizado. Além disso, aprofundamos nossa cooperação com fornecedores de contêineres sensíveis à temperatura, o que nos garantiu a Recertificação IATA CEIV Pharma. Isso representa um compromisso da indústria em ser um parceiro confiável da cadeia de transporte ao manter 100% da integridade da vacina.” disse Yulia Celetaria, diretora global farmacêutica da AirBridge Cargo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta