Textron Aviation registra prejuízo no segundo trimestre

A indústria aeronáutica vem registrando uma grande queda na receita neste ano, principalmente em decorrência da crise causada pela pandemia.

A Airbus chegou a divulgar um prejuízo de 1,9 bilhões de euros no segundo trimestre, enquanto a norte-americana Boeing registrou um prejuízo de 2,4 bilhões de dólares, também no mesmo período.

Continua após a publicidade

Além da aviação comercial, os efeitos também são sentidos na aviação executiva.

A Textron Aviation registrou um prejuízo de 66 milhões de dólares no segundo trimestre de 2020. Além disso, as entregas de novas aeronaves também reduziram drasticamente.

Neste ano, a Textron entregou 23 jatos Citation, que é equivalente a metade das entregas em comparação ao mesmo período do ano passado.

Do mesmo modo, houve uma redução na entrega de turboélices. Foram apenas 15, contra os 34 aviões entregues em comparação ao mesmo período de 2019.

Sobre essa situação, Scott Donnelly, que é CEO da Textron, destacou: “Sabemos que esse não é o resultado que esperávamos este ano, em decorrência da pandemia as fábricas ficaram fechadas por vários meses e foram feitos ajustes na produção.”

No entanto, ele disse que espera melhorias nos resultados à medida que o ano avança.

“Observamos uma retomada da atividade de voos executivos na segunda parte do segundo trimestre, e esperamos ver mais entregas de novas aeronaves e receita pós-venda no segundo semestre do ano”, disse o executivo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta