Memorável dia que o mesmo A380 pousou em três aeroportos brasileiros

Durante o outono de 2012, a européia Airbus, anunciou a passagem do A380 pelo Brasil, durante o tour realizado na América Latina. Essa foi a segunda visita do gigante europeu em nosso país. A primeira passagem, ocorreu em dezembro de 2007. Naquela época, a Airbus buscava oferecer o super jumbo a TAM. Acreditando que a empresa poderia facilmente substituir dois voos diários que ligam São Paulo à Paris, Miami, Frankfurt e Nova York apresentando nível compatível da demanda com o tamanho do avião. Durante a visita, a TAM deu todo suporte necessário em solo para a Airbus.

Por volta das 23:03 do dia 21, tocava a cabeceira 09 direta do aeroporto internacional de São Paulo (GRU), o F-WWDD. O quarto A380 construído no mundo. Após o pouso, a aeronave ficou estacionada na remota do terminal 2. O evento promovido pela fabricante para exibição e testes operacionais de compatibilidade com a aeronave, ocorreram por dois dias no Brasil. Sendo a maioria deles no aeroporto internacional da capital paulista.

Testes em Campinas e Rio de Janeiro

Na manhã do dia 23, uma grande concentração de aficionados, tomaram conta das cercanias do aeroporto para acompanhar os testes de compatibilidade que seriam realizados. Um grupo seleto de pilotos da TAM, tiveram a honra de participar do voo de demonstração, se sentando do lado  direito na cabine de comando do A380.

O piloto-chefe da Airbus, Peter Chandler, Michel Bonnifet e Pascal Verneau, piloto e engenheiro de testes respectivamente, acompanharam os seletos experientes pilotos brasileiros, neste inesquecível voo. Com passagens programadas ao aeroporto do Galeão (GIG) no Rio de Janeiro, seguindo para Confins (CNF), e Campinas (VCP), aonde seriam realizados toques e arremetidas. Mas não foi bem assim que aconteceu.

Ao ganhar os céus partindo de Guarulhos, os pilotos da TAM, se revezavam no comando do lado direito, seguindo as orientações do piloto-chefe de testes da Airbus. Pouco tempo depois, o gigante já estava na final para pouso na cabeceira 15 do Galeão.

Seria essa a primeira passagem do colossal pelo Rio de Janeiro. Inúmeras pessoas, se deslocaram para o aeroporto para ver de perto o maior avião de passageiros do mundo. 

Foto crédito Igor Santorsula
Confins quase recebeu visita do superjumbo

Para apresentação do A380 na capital carioca, estava programada sua permanência em solo por uma hora até seguir para o próximo destino, que seria Confins. Quando foram iniciados os contatos com os órgãos de tráfego aéreo para prosseguir com o voo, a tripulação recebeu a informação que o aeroporto mineiro estava fechado devido condições meteorológicas.

O A380, permaneceu por cerca de três horas no pátio do  Galeão, esperando melhorar as condições de Confins para seguir viagem. 

Depois de vários contatos, esperando que fosse autorizado, o que seria o único voo até então do A380 para CNF, a tripulação, recebeu a orientação de que não seria possível realizar a operação de toque e arremetida no aeroporto. Porém recebeu a autorização para realizar toque e arremetida em Campinas, antes do retorno ao aeroporto de Guarulhos.

O A380, alinhou na final da cabeceira 15 de Viracopos, com trem de pouso baixado, realizou o único e histórico toque e arremetida e seguiu para Guarulhos.

Hoje o futuro do gigante A380 é incerto para muitas de suas operadoras, no entanto, acreditamos que não será o final da sua história. Esperamos, voltar a vê-lo, regularmente por aqui, assim como nos aeroportos brasileiros que tiveram a honra de receber o maior avião de passageiros do mundo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!