Falcon 6X deve decolar em 2021

A Dassault Falcon concluiu a montagem da primeira de três aeronaves Falcon 6X que estão em fase de pré-produção e participarão da certificação de voo. O protótipo 01 foi energizado e entrou em testes em solo nesta semana.

A segunda aeronave recentemente teve suas asas acopladas à fuselagem e a terceira aeronave está nos estágios iniciais da montagem final. A certificação e a entrada em serviço estão definidas para 2022, de acordo com o cronograma original. Já os primeiros voos devem acontecer no início de 2021.

Trazer o Falcon 6X ao mercado dentro do prazo previsto é prioridade máxima para a empresa. Nossa equipe de planejamento e produção tem sido diligente e engenhosa na adaptação dos procedimentos às novas diretrizes sanitárias para manter este programa funcionando sem problemas

Eric Trappier, Presidente e CEO da Dassault Aviation

Os testes elétricos, hidráulicos e de sistema de combustível foram concluídos e os testes do avançado sistema de controle de vôo digital do Falcon 6X começaram. Também foram iniciados os testes de fadiga no solo e de tolerância a danos. Este ciclo de testes será posteriormente estendido para incluir os de esforço até os limites máximos de carga da aeronave.

A montagem de motores Falcon 6X está sendo feita em paralelo com a produção de aeronaves.

O modelo será equipado com o motor Pratt & Whitney Canada PW812D, que completou uma campanha inicial de testes aéreos no início deste ano a bordo da aeronave de teste Boeing 747 da Pratt & Whitney. Até hoje, o PW812D acumulou mais de 200 horas no ar e mais de 1.600 horas no solo. Ele também completou os testes iniciais de certificação, incluindo ataque de pássaros, ingestão de gelo e testes de blade-off.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta