Emirates vai pagar despesas de passageiros contaminados

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Nos últimos meses, a demanda aérea de passageiros foi fortemente afetada, principalmente nas rotas internacionais. Em meio à pandemia atual, para aumentar a confiança dos passageiros em viajar, a Emirates lança uma campanha sem precedentes.

A partir de hoje (23), a companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, passa a custear os passageiros que contraírem a doença durante a viagem. Em uma campanha pioneira entre as empresas aéreas, a Emirates afirma que cobrirá despesas médicas de até 150 mil euros, e para os passageiros que precisarem ficar de quarentena, 100 euros por dia durante 14 dias.

A medida, divulgada hoje pela empresa, tem efeito imediato e se aplica à passageiros de qualquer nacionalidade viajando em qualquer classe a bordo da Emirates. A “promoção” vale para embarques até 31/10/2020, ou 31 dias após a data do primeiro embarque, o que ocorrer depois.

“A Emirates trabalhou pesado para implementar medidas em todas as etapas da jornada do cliente para reduzir o risco de infecção. Além disso, reformulamos nossas políticas de reservas para oferecer flexibilidade. Agora estamos levando para o próximo nível, sendo o primeiro do setor a oferecer aos nossos clientes cobertura global gratuita para despesas médicas e custos de quarentena. É um investimento de nossa parte, mas estamos colocando nossos clientes em primeiro lugar e acreditamos que eles serão bem-vindos nessa iniciativa.” disse o Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, CEO da Emirates.

Atualmente, Dubai (DXB) já reabriu suas fronteiras para visitantes estrangeiros. Isso ajudou a Emirates a retomar voos para 60 destinos em diversos continentes, e que em breve estará de volta ao Brasil.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!