Embraer desenvolve adaptação para transporte de carga nos E-jets

Concepção do interior de um E-jet adaptado para transportar cargas.

A fabricante brasileira Embraer desenvolveu soluções de transporte de carga para sua linha de aeronaves comerciais, motivada principalmente pelo declínio do número de passageiros de companhias aéreas e pela crescente demanda por capacidade de carga aérea.

De acordo com a fabricante foram publicadas “Disposições Técnicas” para as famílias de jatos comerciais ERJ 145 e de E-Jets, incluindo os E-Jets E2, além do turboélice Embraer 120, largamente utilizado no transporte de cargas em todo o mundo.

Os engenheiros da Embraer aceitaram o desafio quando os clientes perguntaram se conseguiriam encontrar uma maneira das aeronaves comerciais transportarem carga na cabine de passageiros.

Explicou Johann Bordais, Presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) concedeu isenção para o transporte de carga adicional em aeronaves de passageiros da Embraer. Com isso, passa a ser permitido o transporte de cargas menores nos compartimentos de bagagem acima dos assentos (bin), itens maiores também podem ser transportados nos assentos, respeitadas as restrições

O primeiro E-jet dedicado ao transporte de cargas

A aeronave Embraer 195 de matrícula PR-AYO passou por um rigoroso processo de manutenção no Centro de Manutenção da companhia em BH. Em parceria com a Embraer, a Azul buscou adaptar seu E-Jet, configurado para 118 passageiros, retirando alguns assentos para acomodar carga.

Cabe ressaltar que a aeronave não foi completamente convertida em cargueiro, apenas adaptada. Para voar, o avião ainda passará por aprovação do Controle Técnico de Manutenção e Engenharia da Azul. O E-Jet somará aos dois Boeing 737-400F que a companhia já opera, matrículas PR-AJY e PR-AJZ, recebidos em 2018.

Um jato E190 de 96 lugares totalmente carregado pode transportar três toneladas métricas (ou 6.720 libras) de carga na cabine, além da carga do bagageiro inferior. Já um E195 de 118 lugares, pode transportar até 3,75 toneladas métricas (ou 8.260 libras).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!