Em retorno gradual, KLM espera voar para todos seus destinos nos próximos meses

Não é nenhuma novidade que a atual crise gerada pela pandemia causou um grande prejuízo na economia global, com isso, um dos setores mais afetados foi o aéreo, com uma queda drástica na demanda por voos, principalmente por restrições de viagem e baixa ocupação.

A companhia centenária KLM anunciou que espera poder atender todos os seus destinos dentro de alguns meses, em um retorno gradual. Nos próximos meses, a rede européia da KLM aumentará em 19 destinos, passando de 72 destinos em julho para 91 destinos em agosto, setembro e outubro. 

As rotas internacionais atualmente atendidas são para 51 destinos, sendo que um terço dessas operações são dedicadas ao transporte de cargas. O número de cidades atendidas passará a ser de 61 até o mês de setembro, de acordo com a empresa.

Abertura de novas rotas

Mesmo em meio a atual crise e com sinais de recuperação de forma lenta, foram adicionados três novos destinos: Cork (Irlanda), Southampton (Reino Unido) e Riyadh (Arábia Saudita). 

A KLM precisa de uma rede resiliente. Ao abrir novas rotas, a perda de demanda em outras rotas é absorvida. Além disso, a KLM está fortalecendo sua posição no mercado, neste caso na Irlanda, Reino Unido e Oriente Médio.

Informou a companhia através de uma publicação.

Cork e Southampton receberão voos operados pelos jatos Embraer 175, com início em 3 e 31 de agosto, respectivamente. Riyadh receberá voos quatro vezes por semana com um Airbus A330 a partir de 28 de setembro.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!