Congonhas terá operações somente de ATR durante um mês

O aeroporto central de São Paulo, Congonhas (CGH), ficará um mês sem poder ter operações dos jatos Airbus A320 e Boeing 737. O motivo é a reforma na pista principal, a 17R/35L, que será realizada entre os dias 05 de agosto e 05 de setembro.

Com a restrição, somente poderá pousar na pista auxiliar, 17L/35R, os ATR e Caravan em voos comerciais. Conforme adiantado pelo Contato Radar em primeira mão no início do mês, a Azul será a única a operar na Ponte Aérea para o Rio de Janeiro. A companhia também terá operações para o seu segundo hub, Confins (CNF), e poderá contar com os Cessna Caravan da sua subsidiária TwoFlex.

Continua após a publicidade

A VoePass também poderá ter operações em CGH. Devido a pandemia, a companhia está operando voos apenas para Guarulhos (GRU) saindo de Ribeirão Preto (RAO).

“A Infraero está aproveitando a queda na movimentação de passageiros e operações, em decorrência da pandemia, para adiantar o calendário de obras da empresa.  No caso de Congonhas, a obra faz parte de manutenção periódica e servirá para garantir que aeroporto siga operando em condições normais, especialmente de segurança, pelos próximos 10 anos”. Explica o superintendente do aeroporto de Congonhas, João Marcio Jordão.

Por tanto, as operações da GOL e LATAM serão movidas temporariamente para GRU, devido a restrição imposta às suas aeronaves. Somente serão permitidos o pouso na pista auxiliar em casos de traslados para manutenção em seus hangares.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

One thought on “Congonhas terá operações somente de ATR durante um mês

Deixe uma resposta