Boeing 737 MAX completa voos de teste

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Desde a última segunda-feira (29), a Boeing e a Federal Aviation Administration (FAA), agência norte-americana que regulamenta a aviação civil, realizaram um série de voos teste com o Boeing 737 MAX.

A realização desses voos tem como principal objetivo dar continuidade ao processo de recertificação da aeronave, impedida de voar há 16 meses, onde diversas manobras e situações adversas são executadas para testar as atualizações realizadas pela Boeing e sua real segurança para os passageiros e tripulantes.

A aeronave escolhida para realizar os voos foi em sua versão menor, o Boeing 737 MAX 7, de matrícula N7201S e com dois anos de idade. Futuramente, quando o modelo for certificado novamente e as entregas forem normalizadas, o jato irá fazer parte da frota da companhia aérea Southwest Airlines.

Durante os três dias de testes, foram realizados cinco voos em um total de 10 horas, onde a FAA coletou informações para análise e homologação dos novos sistemas de comando implementados no 737 MAX. Caso seja aprovada, espera-se que a recertificação ocorra até meados de setembro, e a princípio libera a aeronave para voar apenas nos Estados Unidos. No Brasil, as mudanças precisarão ser autorizadas pela ANAC, assim como o treinamento específico para os pilotos da aeronave.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!