Wizz Air diz estar pronta para operar na capacidade máxima em até 12 meses

Últimos posts por Gabriel Araújo (exibir todos)

Em meio ao caos que o setor aéreo ao redor do mundo enfrenta, a companhia Wizz Air, com base no aeroporto de Budapeste (BUD), se mostra esperançosa na breve recuperação do setor. A low-cost húngara afirmou estar confiante em suas finanças e estratégia, o que a colocará à frente da concorrência, e que poderá voltar à capacidade máxima de operação em apenas 12 meses.

Ao longo dos últimos anos, a companhia vem se destacando no mercado aéreo europeu. A Wizz Air afirmou ter em caixa cerca de 1,5 bilhão de euros para atravessar a crise causada pela pandemia, colocando a companhia ao lado da Ryanair como as empresas que apresentam a melhor liquidez, ou seja, maior velocidade e facilidade com qual um ativo pode ser convertido em caixa.

Além dos pontos destacados acima, a companhia pretende expandir suas operações para os Emirados Árabes Unidos, criando uma nova base da Wizz Air no aeroporto de Abu Dhabi (AUH). Até 2035, os planos da empresa é basear no aeroporto mais de 100 aeronaves da família Airbus.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta