Virgin Australia é adquirida por empresa norte-americana

Foto: Virgin Australia

A Virgin Australia, subsidiária do grupo Virgin, anunciou que foi vendida para uma empresa privada norte-americana. O acordo foi finalizado nesta sexta-feira (26), após outras empresas que participavam da licitação desistirem da compra. A Bain Capital, empresa vencedora, atua no mercado de investimentos e sua sede está localizada na cidade de Boston.

A situação da Virgin Australia não é das melhores. Em abril, a companhia considerou encerrar todas as operações, após ter negada uma ajuda financeira do governo australiano. A empresa necessitaria de um aporte de 841 milhões de dólares americanos (aproximadamente R$4,5 bi), porém o CEO da Qantas, Alan Joyce, afirmou que se a Virgin receber do governo este empréstimo, seria obrigatório realizar as mesmas condições para a Qantas no valor de 2,6 bilhões de dólares americanos (aproximadamente R$ 13,8 bi).

Ainda no mês de abril, o Aeroporto Internacional de Perth, na Austrália, prendeu em solo diversas aeronaves da companhia. Uma liminar na justiça australiana foi obtida, de forma que impedia a operação da Virgin Australia no aeródromo até que fossem pagos débitos pendentes referentes a taxas de estadia e de embarque.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!