Qantas vai mandar seus A380’s para o deserto

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Após o anúncio do ‘groundeamento’ de mais de 60% da frota, a Qantas divulgou os planos para o seu maior avião, o Airbus A380.

Em um momento de demanda baixa, como o enfrentado agora durante a pandemia, o gigante francês se torna excessivamente grande para as rotas que a empresa vai operar no curto e médio prazo.

Diante disso, a maior companhia aérea australiana vai mandar todos os seus A380 para o deserto de Mojave, nos Estados Unidos. As aeronaves só devem voltar a voar em 2023, quando a demanda internacional da companhia deve voltar à níveis mais altos.

O deserto é a localização ideal para estocar aeronaves por um longo período de tempo, uma vez que por ser um ambiente quente e seco, a aeronave é conservada de maneira mais adequada, principalmente em relação aos componentes eletrônicos das aeronaves.

“As aeronaves estão sendo colocadas no deserto de Mojave, onde o ambiente as protege. Temos a intenção no momento certo colocá-las para voar, mas isso vai levar um tempo considerável” disse Alan Joyce, CEO da Qantas.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!