Presidente do SNA pede que Jerome Cadier renuncie a presidência da LATAM Brasil

Durante a live realizada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) ontem (17), os integrantes puderam expor as propostas que a LATAM Brasil está oferecendo para seus tripulantes. Estão previstas entre as medidas redução no quadro de tripulantes, salários, diárias e outros benefícios.

Determinadas mudanças seriam definitivas e outras temporárias até 31 de dezembro do ano que vem, devido aos impactos da atual crise econômica.

Porém na visão de alguns colaboradores, as propostas não beneficiam à classe e sim somente a companhia. Muito diferente da proposta apresentada pela sua concorrente GOL, que foi bastante elogiada pela classe das concorrentes Azul e LATAM.

Incorfomado como a LATAM vem tratando a crise, Ondino Dutra, presidente do SNA, não polpou o CEO da companhia, Jerome Cadier. “O que queria dizer é que, se nesse curto espaço de tempo alguém perder o emprego é por conta de falta de liderença. Eu encerro minha fala aqui fazendo um pedido: Jerome renuncie! Para o bem da aviação brasileira e não só para esses tripulantes.”

Conforme o Contato Radar anunciou, a LATAM Brasil também estará encerrando suas atividades no atual prédio que utiliza como sede na Rua Verbo Divino. Passando a concentrá-las na Academia de Serviços e no hangar em Congonhas. Outras medidas já começaram a acontecer com a demissão de diversos gerentes de aeroportos no país.

O Grupo LATAM vem enfrentando diversas dificuldades em curto espaço de tempo de crise. Entrada do pedido de acesso ao Chapter 11 nos Estados Unidos, dificuldade na renegociação de metade de sua frota, encerramento das atividades da filial na Argentina, suspensão dos serviços na Colômbia e problemas financeiros e sindicais no Brasil.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!