O dia em que um Fokker 100 da TAM pousou no aeroporto errado

O Fokker 100 foi uma aeronave de grande importância para a evolução dos voos regionais no Brasil, principalmente para a TAM, que foi a maior operadora e companhia de lançamento do modelo no país. A empresa operou o Fokker 100 entre 1989 e 2007, além de outras aeronaves da fabricante, como os turboélices F-27 e F-50.

Durante a longa trajetória do Fokker 100 a serviço na TAM, um acontecimento curioso e pouco conhecido se deu no Espírito Santo. Na manhã de 9 de julho de 1998, o voo TAM 280 decolou do Aeroporto de Congonhas (CGH) às 08h20 para um tradicional voo até a capital Vitória (VIX). Após algum tempo de voo, às 09:50 a aeronave pousou em segurança, porém, não no aeroporto esperado.

Localizado a mais de 50km do aeroporto de Vitória, onde a aeronave deveria ter pousado, o Fokker 100 de matrícula PT-MRG chegou a cidade de Guarapari, que possui um pequeno aeroporto. Após os tripulantes notarem a ausência da equipe de solo da empresa, perceberam que não estavam no aeroporto onde deveriam.

Manchete de jornal da época noticiando o ocorrido. Foto: A Gazeta ©

Dos 100 passageiros que estavam a bordo, 45 recusaram continuar o voo até Vitória e optaram em seguir por terra ao destino final, em uma viagem que dura em média 1h. O novo voo entre Guarapari e Vitória duraria em torno de 15 minutos.

PT-MRG nos dias de hoje

ZP-CJK Sol Del Paraguay. Foto: Autor Desconhecido.

O protagonista desse inusitado acontecimento, após sua longa passagem pela TAM entre 1992 e 2008, chegou a voar pela Mexicana Click e pela companhia paraguaia Sol, sendo aposentado em janeiro de 2012, segundo dados do site AirFleets. Hoje, a aeronave sob matrícula ZP-CJK, está preservado e exposto no Hotel y Granja Doña Ramonita, na cidade de Coratei, Paraguai.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!