Nova Alitalia poderá ter ativos da Air Italy

A situação financeira da Alitalia já não era favorável quando a pandemia começou a ser potencializada na Itália, prejudicando imediatamente a principal companhia aérea do país. A sua principal concorrente, Air Italy, também ficou em situação complicada ao ver seu acionista majoritário abandonar sua respectiva parcela, a Qatar Airways. Com isso forçou a companhia parar suas operções.

Uma saída encontrada para não deixar a Alitalia ser liquidada, foi entregar para o governo o controle da administração. Dessa forma, sendo reestatizada, a Alitalia poderia continuar suas operações, apesar de continuar com sua enorme dívida.

A novidade é que o governo da Itália está avaliando uma forma de ajudar a Air Italy também. A companhia parou de voar após ver a maioria das suas aeronaves retornando aos proprietários. Por tanto criaram duas divisões: um pacote que engloba o Certificado de Operação, slots e direitos de tráfego e o outro pacote envolvendo apenas atividades de manutenção.

A expectativa é que o governo possa adquirir parte de ativos da Air Italy para somar na reestruturação da Alitalia. Para isso está tendo diversas reuniões entre o Ministério das Infraestruturas e Transportes, com os representantes da companhia.

A Air Italy foi o resultado da incorporação de 49% da Meridiana pela Qatar Airways em 2017. A companhia estava com dívidas de mais de 378 milhões de Euros (cerca de R$2,3 bi), e foi gravemente afetada com os problemas relacionados com o Boeing 737 MAX.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta