Mitsubishi adquire divisão de jatos CRJ Series da Bombardier

A fabricante canadense passará a contar com um a família a menos no seu catálogo. A Mitsubishi Heaby Industries concluiu a adquisição da divisão de jatos CRJ Series da Bombardier por US$550 milhões (cerca de R$ 3 bi) um ano após o anúncio das intenções da japonesa.

Além da produção do modelo, a Mitsubishi também adquiriu os serviços de manutenção, engenharia, suporte de certificação, marketing e atividades de vendas do CRJ Series. Um movimento muito semelhante da Airbus no passado, quando adquiriu o programa do atual A220.

Para administrar a nova divisão de jatos, será criado a MHI RJ Aviation Group, que ficará instalada em Montreal no Canadá. O CEO da MHI RJ Aviation, Hiroaki Yamamoto, falou que a fabricante está muito satisfeita com a aquisição, e que trará novas energias para o desenvolvimento da indústria de aviação regional. Ao todo, o programa CRJ contava com 18 pedidos firmes.

No mercado comercial, a Mitsubishi tenta encontrar uma solução para emplacar o projeto atrasado conhecido como SpaceJet. Com a nova divisão MHI RJ, a fabricante japonesa poderá ganhar acesso para conseguir a certificação da agência reguladora de aviação nos Estados Unidos, a FAA. Caso contrário, terá que conquistar um novo parceiro para a produção e vendas do modelo, como é o caso da chinesa COMAC, que foi dada como a favorita numa possível parceria.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta