Grupo Lufthansa receberá ajuda do Governo Austríaco

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

O Grupo Lufthansa, que inclui companhias aéreas como Austrian Airlines e Swiss Airlines, anunciou que receberá auxílio do governo austríaco para superar a atual pandemia.

O valor total da ajuda será de 450 milhões de euros, onde 300 milhões serão originados em um consórcio bancário e o restante em concessões. Além desse valor, a Lufthansa desembolsará outros 150 milhões de euros, totalizando 600 milhões de ajuda à empresa austríaca.

Esse montante será principalmente destinado à manutenção dos 7.000 empregos diretos gerados pela subsidiária Austrian Airlines, e além disso, visam a manutenção do HUB em Viena (VIE), capital da Áustria.

A principal preocupação do Governo Austríaco é que com a redução da demanda, o grupo alemão priorize os HUB’s de Frankfurt (FRA) e Munique (MUC), deixando a capital austríaca sem um fluxo representativo de passageiros e cargas.

O acordo, firmado entre o Grupo Lufthansa e o Governo, incluí a garantia de que o HUB em Viena crescerá na mesma proporção que os HUB’s em Frankfurt e Munique, pelo período de dez anos.

“Para nós, a prioridade é salvar empregos na Áustria e, em particular, garantir Viena como um centro de conexões. Temos quatro centros (Lufthansa) fortes em um espaço pequeno – Munique, Frankfurt, Zurique e Viena. E como a Lufthansa é uma empresa alemã e Zurique é extremamente lucrativo, é claro que na Áustria estamos sempre um pouco preocupados e manter esse HUB de Viena”, disse o chanceler austríaco Sebastian Kurz.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta