Iberia confirma aposentadoria de seus Airbus A340-600

Ainda no mês de maio, o Grupo IAG, formado pelas companhias British Airways e Iberia, apresentou os relatórios financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2020. Segundo o comunicado, a IAG teve perdas de 535 milhões de euros (aproximadamente R$4,4 bilhões) impulsionada pela crise mundial que está afetando drasticamente o setor aéreo.

Como forma de se adaptar no novo contexto, a IAG disse que haveria a possibilidade de retirada total dos Boeing 747 e Airbus A340, que voam na British Airways e Iberia respectivamente. Tal possibilidade agora será concretizada, pelo menos por parte da companhia espanhola. A Iberia planeja encerrar o ciclo dos 14 Airbus A340-600 da frota de forma gradual, retirando 10 unidades ainda neste ano e as 4 restantes em 2022.

Configurados para 355 passageiros em três classes (Business, Premium Economy e Economy), os A340-600 marcaram a história da companhia espanhola no mercado internacional desde 2003 quando recebeu o primeiro exemplar. Após a Virgin Atlantic aposentar seus jatos A340 em março e a Lufthansa em maio, a Iberia se tornou a única operadora do modelo 600 na Europa.

Era comum ver os quadrijatos da companhia espanhola no Aeroporto de Guarulhos (GRU).

No Brasil, foram utilizados em rotas regulares para São Paulo (GRU) e Rio de Janeiro (GIG), além da operação triangular que durou pouco tempo em Fortaleza (FOR) e no Recife (REC). Atualmente a Iberia conta com 14 unidades do modelo.

Além da retirada do A340-600, a Iberia também comunicou que está em estudos sobre o atraso nas entregas de novas aeronaves Airbus A320neo e A350. A companhia calcula que pelo menos 20% da demanda seja retraída nos próximos anos.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

One thought on “Iberia confirma aposentadoria de seus Airbus A340-600

Deixe uma resposta