DHL assina acordo para conversão de três Boeing 767 P2F

Durante a pandemia, ficou evidente o quão importante é o ramo dos cargueiros puros. Com a redução drástica na demanda de passageiros, até companhias aéreas que não possuem aeronaves dedicadas para o ramo de cargas, utilizou as de passageiros para suprir a alta procura nesse tipo de transporte.

Para acompanhar esse crescimento e preparando para o futuro, uma das principais empresas de logística do mundo, a DHL, encomendou a conversão de mais três Boeing 767-300 de passageiros para cargueiro (P2F, Passenger to Freighter).

O contrato foi realizado com a Israel Aerospace Industries (IAI) com a opção da conversão de mais um, totalizando quatro unidades. A IAI, celebrou o acordo, informando que foi “avaliado em dezenas de milhões de dólares”.

A DHL possui hoje 11 Boeing 767 cargueiros, sendo que dez foram convertidos. Porém a empresa alemã, possui diversos contratos com outras companhias aéreas em todo o mundo, principalmente nos Estados Unidos. Dessa forma, ao terceirizar os voos, a companhia alemã amplia sua capacidade sem ter que investir em aeronaves próprias.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta