Delta começa a reincorporar aeronaves estocadas à malha

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Com o começo da pandemia, as companhias aéreas ao redor do globo tiveram que se readequar à nova realidade, inclusive aplicando medidas drásticas como a devolução de aeronaves e demissão de funcionários.

Atualmente, em alguns países, a fase de recuperação da economia e volta à “normalidade” já começou, perpassando também pelo começo da recuperação da demanda aérea, severamente comprometida durante os últimos meses.

Diante disso, a Delta Airlines começou o processo de reincoporação de aeronaves estocadas à sua malha aérea. Na última sexta-feira (05), a primeira aeronave da empresa, dentre as mais de 600 estocadas, foi retirada do deserto de Victorville (VCV), onde estava desde março.

O Boeing 737-900, de matrícula N807DN, foi transferido para Seattle (SEA), onde será incorporado à malha e retomará os voos pela empresa. As reincorporações acontecerão de maneira gradual, conforme a demanda se recupere.

Entretanto, algumas dessas aeronaves estocadas não voltarão a voar pelas cores da Delta Airlines, a exemplo dos MD-88 e MD-90, que tiveram aposentadoria antecipada devido à pandemia.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

One thought on “Delta começa a reincorporar aeronaves estocadas à malha

Deixe uma resposta