CEO da Air France fala de compromissos após receber apoio do governo

Em carta, a Air France informou que obteve apoio do governo francês na forma de uma garantia de empréstimo de 7 bilhões de euros, o que permitiria a companhia olhar para o futuro com confiança. Anne Rigail, CEO da Air France, relatou os compromissos que a companhia assumiu para obter o empréstimo. Veja quais.

  • Plano de reconstrução que coloca a Air France em pé de igualdade com as companhias aéreas globais com melhor desempenho em termos de competitividade.
  • Implementação mais rápida dos compromissos de transição energética no setor de transporte aéreo, incluindo:
    Uma readaptação no tamanho da rede doméstica do aeroporto de Orly e das regiões francesas, levando em conta as alternativas de transporte ferroviário para viagens inferiores a 2h30;
  • Priorizar os investimentos em renovação de frota, investindo em aeronaves de nova geração que reduzam as emissões de CO2 entre 20% e 25%;
  • Confirmação da meta de reduzir pela metade as emissões de CO2 por passageiro / km em toda a rede da Air France até 2030, em comparação com o ano de referência de 2005.
  • O uso de 2% de combustível alternativo sustentável até 2025, apoiado pelo aumento do setor francês de produção de biocombustíveis.

“Esperamos oferecer a você mais de 100 destinos em meados de junho, com aproximadamente 20 destinos na França, mais de 40 destinos entre Paris e Europa e mais de 30 rotas intercontinentais.”

Anne Rigail, CEO da Air France

Vale lembrar que o uso de máscaras é obrigatório em todos os voos da companhia, além de ser realizado o controle de temperatura antes do embarque. O serviço de bordo também foi simplificado, sendo suspenso em voos com menos de 2h30 de duração, nos voos mais longos é dada preferência a produtos individualmente selados ou embalados em sua bandeja.

Anne Rigail terminou a carta, observando que a aplicação coletiva dessas novas regras “significa que podemos proteger a saúde de todos e garantir que possamos reabrir gradualmente o céu”

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta