BOC Aviation cancela pedido de 30 Boeing 737 MAX

Foto: Boeing

A empresa de leasing BOC Aviation cancelou um pedido de 30 aeronaves da família Boeing 737 MAX. Além do cancelamento, a empresa também postergará a entrega de algumas unidades do MAX. Até o mês de março deste ano, a BOC Aviation recebeu da Boeing seis unidades do novo 737.

A empresa entende que com a crise no setor aéreo causada pela pandemia, a demanda por viagens aéreas cairá significantemente nos próximos meses. Por isso, resolveu cancelar 30 das 87 encomendadas e postergar as entregas até que o mercado esteja restabelecido. Atualmente, a BOC possui contratos de leasing com mais de 92 companhias aéreas ao redor do mundo. No Brasil, Avianca, Azul, GOL e LATAM possuíram/possuem em sua frota aeronaves da BOC Aviation.

Continua após a publicidade

Ontem (29) a Boeing iniciou voos de testes do Boeing 737 MAX para conseguir a recertificação do seu novo modelo. Os voos de treinamento serão executados em uma jornada de três dias, que serão compostas por diversas situações de voo. Estes testes serão de extrema importância para a recertificação do 737 MAX, que terá como principal motivo observar as correções necessárias no MCAS.

Após os testes, serão recolhidos os dados de desempenho dos respectivos voos, e a Federal Aviation Administration (FAA) analisará para determinar se será necessário alguma correção adicional. Para realizar essa análise, a FAA poderá demorar pelo menos dois meses, e só assim o jato será capacitado para o voo de recertificação.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta