Azul descarta possível fusão com a LATAM Brasil

Um dos assuntos mais comentados desta terça-feira (16) foi o acordo de codeshare firmado entre a Azul e LATAM Brasil. Além disso, muito foi especulado numa possível união mais próxima entre as duas companhias aéreas.

Para o John Rodgerson, CEO da Azul, “as malhas das companhias se complemental dentro e fora do país. Foi natural juntar as ofertas”. Para Abhi Shah, vice-presidente de receitas da companhia, há uma possibilidade de ampliarem o acordo para codeshare internacional.

Segundo Rodgerson, a maior especulação com esse acordo foi afastada. “Nosso prato está bem cheio agora com tudo o que temos para durante a pandemia. Não temos plano de fusão.”

Serão 50 rotas não sobrepostas que os clientes de ambas companhias poderão contar a partir de agosto com codeshare. Por exemplo, um cliente poderá sair de São Paulo (GRU) para Ipatinga (IPN) com uma conexão em Confins (CNF), com um único check-in e despacho de bagagem, voando o primeiro trecho na LATAM e o segundo na Azul.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!