Aviões poderão retornar para a South African Airways

A novela da crise da principal companhia aérea da África do Sul, e uma das mais importantes no continente africano, continua. A South African Airways (SAA) teria seu fim decretado impulsionado pela atual crise mundial.

No mês passado, momentos importantes aconteceram com a SAA. A demissão prevista de todos os seus funcionários não aconteceu, não foi criado uma nova companhia aérea estatal para substituí-la e acabou tendo que devolver quatro Airbus A330-200, que inclusive realizaram escala em São Paulo (GRU) no mês passado, antes de serem estocados no Estados Unidos.

Em um novo acordo com os proprietários de diversas aeronaves, a South African deverá receber de volta 19 aviões que foram devolvidos ou que foram estocados. Nessa conta estão justamente os quatro Airbus A330-200 que foram devolvidos passando por GRU.

A companhia deverá contar de volta no total com sete Airbus A319, seis A330-200 e seis A340 (três da versão 300 e três 600).

Quanto aos novos Airbus A350-900, a companhia está em fase de estudos na viabilidade da continuação destas unidades na nova malha de voos. São dois com contratos com a Air Mauritius e dois da Avolon.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

One thought on “Aviões poderão retornar para a South African Airways

Deixe uma resposta