Amazon Prime Air arrenda mais 12 Boeing 767F para atender a demanda do e-commerce

A Amazon, uma das maiores empresas de e-commerce do mundo e que no ano passado desbancou a Microsoft ao assumir o topo como a empresa mais valiosa do mercado, anunciou o arrendamento de mais 12 Boeing 767-300 convertidos para carga para atender a crescente demanda de e-commerce. A companhia espera que até o final de 2021 todos os 12 aviões arrendados já estejam operacionais na frota. No mês passado, recebeu o primeiro jato.

“A Prime Air é fundamental para garantir a entrega rápida de nossos clientes – tanto no ambiente atual que estamos enfrentando quanto além”, disse Sarah Rhoads, vice-presidente da Amazon Prime Air. Além de atender a demanda de cargas, Sarah destacou que a empresa tem sido responsável por transportar itens hospitalares essenciais para o combate à pandemia, como EPI’s e respiradores.

A Prime Air foi fundada em 2016 e conta com 56 aeronaves operacionais em sua frota, sendo 8 Boeing 737-800 na versão cargueira e 48 Boeing 767-300 também configurados para carga.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!