Airbus desligará 15 mil funcionários

Nesta terça-feira (30), a Airbus anunciou que iniciará uma onda de demissões de aproximadamente 15 mil de seus funcionários nos próximos dias, o processo deve ser concluído até o verão europeu de 2021. No último mês, a européia não vendeu nenhuma aeronave.

A Airbus está enfrentando a mais grave crise que esse setor já experimentou. As medidas que tomamos até agora nos permitiram absorver o choque inicial dessa pandemia global. Agora, precisamos garantir que possamos sustentar nossa empresa e emergir da crise como líder aeroespacial saudável e global, ajustando-nos aos desafios esmagadores de nossos clientes. Para enfrentar essa realidade, precisamos agora adotar medidas de maior alcance.

Guillaume Faury, CEO da Airbus

As demissões devem ocorrer ao redor de todo o globo, porém, França e Alemanha, juntas, somarão mais de 10 mil empregos perdidos. A fabricante dará prioridade para esquemas de saída voluntária, aposentadoria antecipada e desemprego parcial de longo prazo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!