Air France encerrará era com o Airbus A380 em voo especial

O fim dos quadrijatos está em forma acelerada conforme você pôde acompanhar pelo Contato Radar. Diversas companhias aéreas no mundo escolheram em retirar as aeronaves com maiores custos de operação, como o caso dos Airbus A340, A380 e o Boeing 747.

A Lufthansa por exemplo, decidiu retirar metade da sua frota de A380 antecipadamente. A Air France já tinha planos para aposentadoria dos superjumbos, porém devido a pandemia, viu a necessidade de retirá-los imediatamente.

Com mais de 40 mil horas de voos somados, transportando cerca de 18 milhões de passageiros, os dez A380 da Air France terão o seu fim marcado por um voo especial na próxima sexta-feira (26). Com a presença de executivos da companhia, autoridades e convidados, a Air France efetuará o voo AF380, que vai contornar todo o território francês saindo e chegando de Paris (CDG).

A companhia francesa já tinha retirado de frota em fevereiro deste ano uma unidade do A380, de matrícula F-HPJB. Sua história começou em 2009 quando recebeu o primeiro exemplar em 30 de outubro daquele ano, sendo a primeira aérea européia a utilizar o modelo.

Menos de um mês depois, a Air France iniciava o seu primeiro voo comercial com o superjumbo, entre Paris (CDG) e Nova York (JFK). O último voo comercial foi em 23 de março deste ano, em um voo que partiu de Joahanesburgo (JNB) para a capital parisiense.

Infelizmente o fim do Airbus A380 chegou para a Air France. Apesar de um número reduzido, ainda vamos poder contar com a British Airways e Lufthansa na Europa operando o equipamento pelos próximos anos.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!