Aeromexico adere ao Chapter 11 no Estados Unidos

Após negar na semana passada que poderia aderir ao Chapter 11 no Estados Unidos, a Aeromexico solicitou seu acesso nesta terça-feira (30). A companhia aérea passa a ser a terceira da América Latina a aderir o processo, que é equivalente a recuperação judicial no Brasil.

Em declaração, a companhia afirmou que “iniciaram hoje o procedimento volunrário para o Chapter 11 no Estados Unidos. Iremos continuar operando enquanto durar o processo. Vamos continuar oferecendo a mesma qualidade de serviço para os nosso clientes.”

A principal companhia aérea do México segue os passos da Avianca e do Grupo LATAM que já estão no processo. A mexicana, não apresenta resultados financeiros positivos desde 2017, no ano passado registrou perdas de 2,36 bilhões de dólares americanos.

Neste mês, o Contato Radar já tinha antecipado da possibilidade da Aeromexico solicitar o Chapter 11. A companhia possui 137 aeronaves sendo que pelo menos 100 destas foram estocadas devido a pandemia. Os Boeing 787 Dreamliner foram constantemente utilizados para o transporte de diversas cargas da China para países sul americanos, incluindo o Brasil, que teve operações para Cabo Frio (CFB), Confins (CNF) e Fortaleza (FOR).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta