Qatar Airways trará o A350-1000 regularmente ao Brasil

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Após o recente voo inaugural do maior bimotor da Airbus para São Paulo (GRU), a Qatar Airways modificou a programação para diversos destinos no mundo, incluindo o seu único destino no Brasil.

Durante o mês de Junho, voo será operado para Guarulhos tanto pela aeronave francesa quanto pelo Boeing 777-200, em três frequências semanais. A partir de Julho, todas as quatro frequências serão operadas com o A350-1000, que terá suas frequências aumentadas a partir de Agosto, chegando a cinco voos por semana.

Continua após a publicidade

A Qatar Airways possui uma frota de mais de 240 aeronaves, e dentre estas, 17 são da versão mais longa do Airbus A350, o A350-1000XWB. Apesar de possuir capacidade para até 440 passageiros, a Qatar configurou suas aeronaves com 327 assentos, sendo 46 em classe executiva na disposição 1-2-1, onde as duas poltronas do meio podem ser convertidas em uma cama de casal.

Além de São Paulo (GRU), outras grandes cidades também passarão a receber voos com essa aeronave de/para Doha (DOH), dentre elas: Amsterdã (AMS), Chicago (ORD), Londres (LHR), Sydney (SYD) e Tóquio (NRT).

Em um mercado extremamente competitivo como o da aviação, onde a margem de lucro não é tão grande e a demanda de passageiros evaporou nos últimos meses devido à pandemia, faz-se necessário empregar equipamentos eficientes para otimizar essas operações.

O Airbus A350-1000XWB, aeronave nova e que teve sua primeira unidade incorporada na frota da empresa do Catar em fevereiro de 2018, é um dos mais eficientes aviões construídos pela francesa Airbus.

Diante disso, esse modelo torna-se competitivo para voos de longa distância, tendo sido o escolhido para os voos do Projeto Sunrise, da australiana Qantas, ligando Sydney à Londres e Nova York, em trajetos que podem chegar a 20 horas de voo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta