Etihad pretende retirar o Airbus A350 e A380 da frota e demitir 1200 funcionários

A segunda principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, a Etihad, pretende retirar os Airbus A380 da sua frota. A companhia árabe possui dez unidades do superjumbo, e foram entregues a partir de 2014. Os A380 possuem uma configuração de 494 assentos, sendo 9 na First, 70 na Business e 415 na Economy.

Também pretende realizar o cancelamento dos Airbus A350-1000, que sequer voaram pela Etihad. Ao todo a companhia possuía cinco unidades encomendadas, porém quatro exemplares foram trasladadas para Bordeaux (BOD) na França para ficarem estocados. O quinto, encontra-se ainda na fábrica da Airbus em Toulouse (TLS), porém deve seguir o mesmo caminho dos demais.

Outra mudança que deve ocorrer é o desligamento em massa de funcionários. A Etihad estima ser necessário realizar o corte de 1200 colaboradores, de acordo com a Reuters. Ao todo, a companhia árabe possui cerca de 20 mil funcionários.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!