Delta vai reduzir o número de passageiros em suas aeronaves

Para aumentar a segurança de seus passageiros a bordo devido à pandemia, a Delta Airlines irá bloquear a venda de assentos do corredor e janela a partir de 30 de junho, com está medida a empresa pretende limitar os assentos a 50% na Primeira Classe e 60% nas cabines econômica, Delta Comfort e Delta Premium Select.

A redução irá acontecer gradualmente em sua frota, nesta semana serão iniciados os bloqueios de assentos em aviões de corredor único, os narrowbody, utilizados em voos domésticos; E nas próximas semanas os bloqueios serão feitos nas aeronaves de corredor duplo, widebody. 

Embora as vendas de assentos centrais estejam bloqueadas desde meados de Abril em todos os voos, a Delta agora passa a bloquear os assentos de janelas e corredor selecionados em todas as cabines com configurações 1 × 2, 2 × 2 e 2 × 3.

Em comunicado, a Delta informou que essa medida expande a práticas de bloqueio de assentos em toda a frota operacional da companhia, incluindo a principal frota da regional Delta Connection.

No futuro, ao reservar a seleção de assentos por meio do aplicativo Fly Delta ou on-line, os assentos bloqueados serão mostrados como indisponíveis ou não atribuíveis. Os clientes que pretendem viajar lado a lado com seus companheiros ou aqueles que precisam de assistência adicional deverá a falar com um agente de aeroporto durante o check-in.

A Delta continua com as operações suspensas para o Brasil, o cancelamento temporário foi devido aos ajustes feitos na programação de voos para as áreas mais afetadas pelo surto, a empresa está renunciando à cobrança de taxas de alteração permitindo aos clientes ajustes e remarcações de suas viagens com outras companhias aéreas parceiras quando necessário.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta