Boeing anuncia demissão de 7 mil colaboradores

B777X é a mais nova aposta da indústria

A fabricante norteamericana Boeing anunciou hoje a 7 mil funcionários que eles serão afetados pela crise internacional causada pela pandemia sanitária.

“Chegamos ao delicado momento de ter que dispensar funcionários de forma unilateral” disse o CEO da Boeing David Calhoun em comunicado interno.

A fabricante com sede administrativa em Chicago — maior exportadora de aeronaves das Américas — Já tinha aprovado a demissão de 5 mil colaboradores, cerca de 10% da força total de trabalho, mas esse número teve que ser reajustado e chegou só nesta quarta feira (27) a 7 mil.

Citando a crise internacional, ele também disse que o mercado vai demorar algum tempo a atingir os níveis que estavam há dois anos.

O transporte aéreo viu uma redução de mais de 90% em sua demanda, com companhias tendo que diminuir equipes, pilotos e terceirizados e readequar sua oferta.

“Apocalíptico – pode ser a melhor maneira de descrever o momento atual”, disse o CEO em uma entrevista à NBC.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!