Air Canada deve aumentar rotas exclusivamente cargueiras

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Os voos exclusivamente cargueiros viraram “tendência” entre as companhias aéreas, que diante do crescimento que o setor de carga aérea teve nos últimos meses, servem como uma maneira de amenizar o impacto financeiro que a redução de demanda de passageiros causou.

Diante dessa nova dinâmica, a Air Canada removeu os assentos de quatro Boeings 777-300ER e três Airbus A330-300 para operar apenas voos cargueiros, tanto dentro do Canadá quanto para destinos internacionais.

Desde o agravamento da pandemia no Canadá, a Air Canada operou mais de 1.200 voos exclusivamente cargueiros, transportando medicamentos, equipamentos de proteção individual, equipamentos médicos e até mesmo comida, servido de HUB cargueiro para diversas tipos de carga que atravessaram o mundo através do Canadá.

A partir de 1º de Junho, a maior companhia aérea canadense vai expandir ainda mais sua rede de voos exclusivamente cargueiros, ligando Montreal à Amsterdã (AMS), Bogotá (BOG), Dublin (DUB), Lima (LIM) e Madrid (MAD).

Esses novos vôos sem escalas partindo de Montreal para a Europa e América do Sul, aumentarão nossa conectividade global, permitindo que continuemos apoiando a cadeia de suprimentos global e nossos clientes de carga “, disse Tim Strauss, vice-presidente de carga da Air Canada.


Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!