A Airbus entregou quase 100 aeronaves a menos nos primeiros quatro meses

A Airbus entregou apenas 14 aeronaves durante o mês de abril, quando os efeitos da crise mundial afetou sua produção, obtendo uma queda de 80% comparando com o mesmo período de 2019 quando foram entregues 70 aeronaves.

A fabricante registrou apenas um único pedido de nove A320neo para a empresa de leasing Avolon, elevando os pedidos líquidos totais para 299 aeronaves nos primeiros quatro meses de 2020, no entanto nenhum cancelamento foi registrado no mês de abril.

Continua após a publicidade

Apenas duas aeronaves de longo alcance foram entregues no último mês, sendo um A350-900 para a Japan Airlines e um A330-200 MRTT uma versão militar de reabastecimento. A Airbus também entregou 12 aeronaves de corredor único, sendo seis A320neo e seis A321neo.

Azul foi uma das poucas operadoras a receber uma aeronave da Airbus neste ano

As entregas afiliadas à China foram para a Loong Air que recebeu um A320neo, enquanto a CMB Financial Leasing e a CDB Leasing levaram aeronaves, respectivamente, para Flynas e Azul. Também foram entregues cinco aeronaves de corredor único para as companhias aéreas turcas Turkish e Pegasus (duas e três respectivamente), outras três à IndiGo e uma à Spirit Airlines.

Até o final do mês de abril, a Airbus entregou 136 aeronaves, quase 100 a menos do que as 232 entregas alcançadas no mesmo período do ano passado. Em comparação com as entregas de corredor único em 2019, a fabricante teve uma queda de 40%, enquanto as entregas de aeronaves de longo alcance chegaram quase à metade em comparação ao mesmo período.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta