Flybondi move ação contra o possível fechamento definitivo do El Palomar

Dadas as informações divulgadas na pela imprensa do suposto pedido da concessionária Aeropuertos Argentina 2000 (AA2000) para o fechamento definitivo do Aeroporto Internacional El Palomar (EPA), a Flybondi entrou com uma ação legal junto ORSNA (Órgão Regulador do Sistema Nacional de Aeroportos) e ao Ministério dos Transportes, para que seja dada uma intervenção urgente na análise do pedido feito pelo AA2000 às autoridades.

Segunda a concessionária, o pedido junto ao governo para fechamento do aeroporto El Palomar, foi devido as restrições de voos que a deixou com a receita drasticamente reduzida. Em nota AA2000, informou a imprensa local que o pedido de fechamento será provisório e não permanente, a transferência temporária para Ezeiza (EZE) melhoraria a distribuição de passageiros dentro do terminal, facilitando a manutenção da distância recomendada pela OMS, colaborando com cuidados e proteção, além de estar melhor preparado para realizar todos os controles sanitários exigidos pelo governo. E completou, El Palomar não tem capacidade para cumprir os distanciamentos e controles sociais necessários neste momento.

Continua após a publicidade

O Aeroporto Internacional El Palomar (EPA) é o primeiro aeroporto de baixo custo na Argentina e o único na América Latina, gerando diretamente empregos para mais de 1.000 pessoas, das quais 80% trabalham nas aéreas Flybondi e JetSmart. Desde o início de sua operação comercial em fevereiro de 2018, mais de 2.890.000 passageiros passaram pelo El Palomar, dos quais 20% viajaram de avião pela primeira vez. 

Em pouco mais de dois anos, o aeroporto El Palomar se tornou o quarto aeroporto do país em número de passageiros que passaram pelo seu terminal, tornando-se o aeroporto da Argentina com o maior crescimento entre 2019 e 2020.

Graças às tarifas baixas e às facilidades que a operação no aeroporto apresenta para os passageiros, a Flybondi é a companhia aérea argentina com o melhor nível de ocupação do país nos últimos meses. Atualmente, possui 9% da participação total do mercado nacional e 15% em média nas rotas em que opera, a companhia aérea atende 24 rotas (18 nacionais e 6 internacionais), no Brasil a Flybondi voa regulamente para Florianópolis, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta