Em meio a pandemia, Virgin Atlantic é colocada à venda

Em meio a toda crise enfrentada mundialmente, os proprietários da Virgin Atlantic colocaram a companhia aérea à venda. A Virgin vem passando por graves dificuldades financeiras, quem vem se agravando, tendo em vista a atual situação.

O fundador da Virgin, Richard Branson chegou a oferecer sua ilha particular Necker Island, no Caribe, como garantia de um possível aporte do governo inglês, porém, sem sucesso.

Continua após a publicidade

A decisão dos proprietários de colocar a Virgin Atlantic à venda ocorre porque o governo do Reino Unido ainda não concedeu à companhia o auxílio estatal necessário, mas isso não significa que o aporte não será dado para “salvar” a empresa de uma possível falência.

Companhia desistiu de voar para o Brasil

Como noticiamos no último dia 17, a Virgin Atlantic desistiu de voar para São Paulo (GRU). A companhia britânica, tinha planos para iniciar um voo diário partindo de Londres (LHR), operando com Boeing 787 Dreamliner.

Porém, devido a pandemia, a Virgin havia anunciado um adiamento do início das operações entre LHR e GRU para outubro deste ano, mas com os avanços da crise, abandonará os planos para a rota.

“Cancelar uma rota nunca é uma decisão fácil, e gostaríamos de agradecer aos nossos clientes, nossos parceiros comerciais e de mídia e, acima de tudo, nossa equipe em São Paulo por trabalhar tanto para nos apoiar nos últimos meses. São Paulo é uma cidade fantástica e estamos extremamente desapontados por não estarmos mais lançando o voo neste momento”, comentou um porta-voz da Virgin Atlantic.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

One thought on “Em meio a pandemia, Virgin Atlantic é colocada à venda

Deixe uma resposta