China Development Bank cancela 29 pedidos do Boeing 737 MAX

A fabricante americana Boeing passou a somar mais uma baixa de pedidos para o 737 MAX. Desta vez, a China Development Bank Financial Leasing (CDB) cancelou 29 pedidos do modelo, de um total de 101 unidades encomendadas.

A CDB possui encomendas das versões MAX 8 e MAX 10, e garantiu que os cancelamentos são apenas da versão MAX 8. A empresa de leasing ainda divulgou que postergou a entrega de 20 unidades para entre os anos 2024 e 2026, sem especificar a quantidade para cada ano.

No mês de março a Boeing perdeu cerca de 150 encomendas para o 737 MAX, tendo a empresa de leasing Avolon e a brasileira GOL como as principais nos cancelamentos, com 75 e 34 respectivamente. Na semana passada foi a vez da GECAS, empresa de leasing do grupo General Eletric, anunciar o cancelamento de 69 unidades.

O Boeing 737 MAX já está mais de um ano sem voar aguardando sua recertificação devido aos inúmeros problemas encontrados pelas autoridades aeronáuticas, e com a atual crise financeira mundial, está sendo o principal modelo com mais pedidos de cancelamento.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta