British Airways pode cortar milhares de empregos

Últimos posts por Calebe Murilo (exibir todos)

O International Airlines Group (IAG), avalia até 12 mil cortes de empregos na British Airways, uma de suas companhias subsidiárias. Recentemente o grupo anunciou os resultados preliminares para o primeiro trimestre do ano de 2020, declarando que está sendo planejado um programa de reestruturação para lidar com a atual crise enfrentada por conta da pandemia.

Atualmente, a British Airways possui cerca de 45 mil funcionários. O programa de reestruturação segue sob consulta, porém, pode resultar na demissão de aproximadamente 25% do efetivo da empresa.

O CEO da empresa, Alex Cruz, disse por meio de um comunicado aos colaboradores que a companhia aérea está atualmente voando apenas um “punhado de aeronaves”, quando anteriormente o número ultrapassava 300. O número de passageiros no principal aeroporto de Londres, Heathrow, caiu mais de 50% . Não se sabe quando os países reabrirão suas fronteiras; portanto, as companhias aéreas precisam se readequar para um novo futuro.

International Airlines Group

O International Airlines Group (IAG) é uma empresa holding formada em janeiro de 2011, como resultado da fusão das companhias aéreas British Airways e Iberia. Alguns anos depois a Aer Lingus passou a fazer parte do grupo. Atualmente, as três companhias são as principais pertencentes, além de Vueling e Level Air.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta