Boeing pretende retomar a produção de aeronaves na próxima semana

A fabricante americana Boeing, anunciou que vai retomar gradualmente a produção de aviões comerciais a partir da próxima semana nas oficinas de Washington, depois de várias semanas parada devido às medidas de prevenção ao novo coronavírus.

A medida afetou diretamente cerca de 70 mil funcionários, das linhas de montagem do 737, 747, 767 e 777. A linha de montagem do Boeing 787, feito na Carolina do Sul, seguirá suspensa, assim como a do 737 MAX.

“Esta abordagem por etapas vai permitir ter uma base de fornecimento consistente. Tomamos todas as medidas de segurança necessárias para assegurar todos os trabalhos necessários para os nossos clientes”, declarou o chefe da divisão de aviação civil da Boeing, Stan Deal, através de um comunicado.

Devido a crise mundial causada pelo COVID-19, a fabricante vem recebendo diversos cancelamentos de encomendas, o que fará com que a produção passe por uma readequação, para atender a nova demanda. No último dia 17, uma das maiores empresas de leasing do mundo, cancelou a encomenda de 69 Boeings 737 MAX.


Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!