GOL reduzirá significativamente suas operações

A GOL divulgou recentemente um comunicado para a imprensa sobre os impactos do novo coronavírus Covid-19 em sua malha aérea. A maior companhia aérea em passageiros transportados dentro do Brasil, reduzirá significativamente suas operações em todo o país.

É estimado uma redução de até 70% de suas operações até meados de junho, reduzindo de 50% a 60% dos voos domésticos e de até 95% dos voos internacionais. O Ponte Aérea vem trazendo em primeira mão os principais voos internacionais impactados.

“Ajustar nossos voos para refletir a mudança na demanda dos Clientes é sensato, prudente e consistente com nosso posicionamento de líder de mercado”, diz Eduardo Bernardes, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da GOL. “Continuaremos a oferecer nosso excepcional serviço para todos os nossos Clientes, porém para aquela parcela dos impactados, tomaremos todo o cuidado para que haja alternativas flexíveis e convenientes”.

“Como uma Companhia aérea experiente em operar com condições adversas, a GOL tem um modelo de gestão de frota altamente adaptável e flexível, baseado em frota única. Esse modelo sofisticado nos permite, mais uma vez, sermos decisivos enquanto minimizamos as interrupções para nossos Clientes. Sabemos que resiliência e flexibilidade em meio à volatilidade atual são de fundamental importância”, acrescenta Celso Ferrer, Vice-Presidente de Operações.

“Como líderes na comunidade empresarial brasileira, queremos intensificar e ajudar nosso país a enfrentar essa pandemia”, diz o Presidente do Conselho e acionista controlador da GOL, Constantino de Oliveira Júnior. “Nesses nossos vinte anos como empresa aérea, enfrentamos e superamos muitos desafios, aprendendo bastante ao longo do caminho e nos fortalecendo no processo. Agora, estamos prontos para fornecer aos brasileiros o apoio e a assistência necessários”.

A GOL também estará suspendendo as operações de seus Premium Lounges domésticos e internacionais nos Aeroportos de São Paulo (GRU) e Rio de Janeiro (GIG) por pelo menos um mês a partir de quarta-feira (18).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!