Boeing 737 MAX sofre com mais cancelamentos de encomendas

Um ano após a suspensão dos voos operados pelos Boeing 737 MAX, as companhias aéreas e empresas de leasing ainda movimentam cancelamentos do modelo com a fabricante americana. A Boeing entregou nos dois primeiros meses deste ano, apenas 30 aeronaves (nenhum 737 MAX), contra 95 unidades no mesmo período do ano passado.

A Oman Air e a Air Lease Corporation (empresa de leasing), converteram seus pedidos do 737 MAX para 787 Dreamliner. Sendo 10 737 MAX para quatro 787, e 9 737 MAX para três 787, respectivamente. Já a Air Canada e a Japan Investment Advisors (empresa de leasing), cancelaram parte de suas encomendas, sendo 11 e 10 unidades respectivamente.

Veja a discussão sobre os cortes do Boeing 737 MAX visitando o Fórum Ponte Aérea by Contato Radar, clicando aqui.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta